Quarta-feira, 3 de Janeiro de 2007

Sem Título

Peço sempre o porquê da vida, resolvo tudo com o porquê das coisas.
Mas os porquês tornam-se demasiado pesados, demasiado sonoros no meu ouvido, e no fim de tudo, demasiado vazios.
Porque a minha vida é uma enorme corda bamba, é um fio demasiado torto e curvo para caminhar segura nele.

E o porquê volta...

E eu volto atrás, volto a sentir-me sem sentido.
Porque cada vez menos acredito, cada vez mais tenho a noção que “não vale a pena”, cada vez desisto mais.. MAIS

E o porquê voltou...



Saudações
Brilhantemente elaborado por Ana Claudia às 22:21
link do post | comentar | favorito
|

.Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.Coisas sobre nós. Nós quem? Nós os autores claro!

.Procurar coisas inúteis neste blog

 

.Coisas novas

. LONDON

. Eis o sonho, eis a vida

. A pior manhã da minha vid...

. O que de ser assim

. Férias de 23/07 a 10/08

. Special me or this-stupid...

. Dormia tão sossegado

. Malabarismos sem nexo

. Pequeno post

. Mika - Grace Kelly

.Coisas antigas

.tags

. todas as tags

.Coisas giras e tal de se visitar

blogs SAPO

.subscrever feeds