Terça-feira, 23 de Novembro de 2010

LONDON

Deveria ter chegado.

 

Tituberante com a mala atrelada, afogueada pela falta de hábito, caminahva aturdida por entre caminhos desconhecidos e recentes.

 

Estava assustada, não da forma a que se convenciona dizer, mas sim com um nervoso que lhe causava arrepios (apesar do frio também dar uma ajuda) e da incerteza da nova aventura.

 

Era tão bom respirar com uma nova realidade, apesar da sua natural apreensão por ser uma novidade.

 

Encaminhava-se para o seu destino próximo, aquele que lhe granjearia os futuros louros e que lhe permitiria crescer como nunca até então.

 

Chegou, viu e ficou. Decidida. Ia fazer daquilo seu.

 

Mas apesar de tudo sentiu-se pequena, frágil, só. Já sabia que ia ser assim, mas até acontecer nunca se sabe realmente.

 

Por momentos quis regressar, mas num assomo de clarividência fechou os olhos e olhou para dentro de si: tudo o que precisava estava ali, nas suas memórias.

 

E não passaria um dia sozinha pois tudo aquilo que eles eram juntos já não necessitava de ser palpável (apesar de quando o era, ser fabuloso!)

 

Já eram mais do que simples interacções, eram sinapses, eram recordações vivas, eram pensamentos compartilhados, eram cúmplices da vida.

 

E nem o mar isso lhes poderia tirar...

 

Saudações saudosas,

 

Kiss LONDON!!

 

By GoGaN^

Brilhantemente elaborado por GoGaN^ às 17:29
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 27 de Outubro de 2008

Eis o sonho, eis a vida

Tratou de se ver ao espelho.

 

Examinou a face, outrora infantil, coberta por pêlos faciais, recalcada com umas olheiras de quem tem muito em que pensar e pouco em que reflectir, e ponderou.

 

Deu muito de si aos outros.

 

Não era tão ingénuo que não o soubesse, nem tão humilde que não o admitisse.

 

Sabia que muitas vezes tinha posto a felicidade dos outros à frente da sua; que tinha feito escolhas que em nada o ajudariam no seu futuro; que tinha aturado muito que poderia ter evitado facilmente.

 

Mas preferira assim.

 

Não era um mártir, longe disso.

 

Mas pensava que realmente, e apesar de todos os seus defeitos, e apesar de todas as suas falhas, tinha estado longe daquilo que havia planeado para si, pois a sua dedicação aos outros sobrepunha-se constantemente a tudo o resto.

 

Era um apaixonado.

 

E não fazia questão de o esconder.

 

E por muito romântico que fosse, e por muito que quisesse dar aos outros, chegara a sua vez....

 

Com um sorriso na cara, limpou o rosto molhado pela água fria, e girando sobre os calcanhares, saiu procurando algo mais...

 

Saudações laboriosas,

By GoGaN^

música: Adriana
Brilhantemente elaborado por GoGaN^ às 22:22
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2008

A pior manhã da minha vida...

As palavras mais difíceis de ouvir, são aquelas ditas com a mais pura inocência e a mais singela verdade.

São as palavras que saem do âmago. São as verdadeiras, as que sentimos quando dizemos.

São aquelas que nos fazem chorar, que fazem ruir o nosso Mundo e nos deixam de rastos.

São as mais pobres, menos belas, mais cruas, são as que nos poem em contacto com a realidade.

São palavras, é certo, mas valem tudo. Controlam-nos, retalham-nos, despadaçam o nosso Ser.

São cruéis. Não desculpam, não perdoam, não esquecem. Mostram o que realmente é.

E quando proferidas com autenticidade, apunhalam-nos de tal maneira, que as sentimos parte de nós.

Saudações sentidas para algo cruel
By GoGaN^
sinto-me: Despedaçado
Brilhantemente elaborado por GoGaN^ às 14:49
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 18 de Setembro de 2007

O que de ser assim

Reli várias coisas que escrevi.

Reli atentamente, de uma forma religiosa, quase imaculada.

Descobri ali segredos escondidos e verdades nunca dadas.

Conheci-me a mim mesmo através das palavras.

Pensei, senti, vibrei, chorei com aquelas letras.

Várias vezes me interrogo sobre o sentido das frases que profiro, de uma forma desatenta, mesmo sem paixão.

Dou por mim a questionar aquilo que já fiz, todas as palavras que adiantei.

Algumas saíram por gosto, por amor à escrita, por vontade de falar de algo que me inquietava a alma e torturava o meu ser.

Outras disse-as porque sim, para passar o tempo, para me ajudarem a não sucumbir à pasmaceira.

Outras ainda apareceram para engrandecer o Ego, normalmente aquelas mais rebuscadas, e as que menos significado têm para mim.
Essas apenas funcionavam para me encher as medidas, para tentar ouvir um comentário acerca do meu "talento natural" para as palavras. Mais falsas não poderiam ser...

Ainda havia aquelas que foram gritadas, saídas do âmago, que nunca ninguém as percebe (muito menos eu), mas que depois de aparecerem escritas fazem todo o sentido para mim.

É natural que as palavras nos saiam descompassadamente, que nos fujam quando querem, que tenham vida própria muito fortes.

Olho para trás, vejo o que escrevi.

Rasga-se um sorriso na minha cara, os olhos ficam embaciados, e a mente pensa: "Consegui!".

Saudações com palavras

Brilhantemente elaborado por GoGaN^ às 23:30
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 1 de Agosto de 2007

Férias de 23/07 a 10/08

Fui para Lagos.

Voltei.

Vou pro Sudoeste.

Voltarei.

Irei (provavelmente) para Portimão.

E ainda retornarei.

Meio cego, meio parvo,  meio morto, mas cá estarei.

Saudações das férias
Fala aí Paulão!!!!!!!!!!!!!!!!!
Brilhantemente elaborado por GoGaN^ às 00:09
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 19 de Julho de 2007

Special me or this-stupid-asshole-has-made-something-good-besides-handball

Era só pra dizer que PASSEI.

Tudo feito. Acabado. Transitado.

GIve me an A...............
GIve me an L...............
GIve me an E..............
GIve me an L...............
GIve me an U..............
GIve me an I................
GIve me an A...............

ALELUIA brothers!

See ya in the next Round!!

O (pouco) esforço que fiz valeu a pena!!

Já posso dormir descansado.

Saudações do 2º ano  HASTA
Brilhantemente elaborado por GoGaN^ às 04:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Julho de 2007

Dormia tão sossegado

Vivia momentos inesquecíveis.

E enquanto os vivia nada mais interessava.

Era aquilo. Era ele. Era assim.

E nunca, mas nunca iria mudar.

Prometido.

Saudações do topo da Alegria.
Brilhantemente elaborado por GoGaN^ às 01:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 11 de Junho de 2007

Malabarismos sem nexo

Gostava de se assumir como tal.

Romântico e idealista.

Pensava sempre que essa era a sua principal arma.

Não se achava melhor, maior, pior ou diferente; apenas era assim.

Tinha a noção que não era por isso que o mundo lhe era facilitado.

Sabia que tinha que lutar e trabalhar para alcançar algo.

Mas devido a esta Natureza nunca se propusera a algo fácil ou simples, queria sempre o Mundo.

Descobria em si pensamentos e desejos que apenas o incumbiam de procurar alcançar os céus mais longínquos, e nunca da forma mais simples, havia de ser sempre por caminhos sinuosos.

Não baixava os braços, não se atemorizava, não virava a cara à luta. Mas era mortal. Era falível. Era humano.

Nem sempre o seu ideal romântico e puro chegava para tais conquistas.

E ainda tinha que aturar os barrocos, os clássicos, os ileterados. Seriam sempre parte da sua vida.

Havia alturas que pensava que tudo corria mal, que o seus pés caminhavam por terrenos enlameados e difíceis de contornar.

Havia alturas que pensava que podia estar a fazer tudo mal, que apenas se estava a enganar a ele próprio.

Havia alturas que julgava trabalhar sem razão, para o Vazio.

Mas cada vez que algo corria bem (e não eram assim tão poucas!), nada, mas nada apagava da sua cara aquele sorriso de dever cumprido.

E ao olhar em seu redor, e para aqueles que realmente importavam, desfazia-se em lágrimas silenciosas e sem textura, pois sabia, naquele exacto momento, que tudo fazia sentido.....

Saudações e outra palavra que rima com esta mas que ainda não posso escrever
música: RHCP - Californication
Brilhantemente elaborado por GoGaN^ às 23:16
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 5 de Junho de 2007

Pequeno post

Hoje, e para meu próprio bem, vou abdicar daquilo que me faz ser mais feliz e concentrar-me naquilo que me fará futuramente mais feliz.

Hoje, e sem nenhum outro pensamento atirar-me-ei de cabeça aos meus deveres.

Porque preciso, porque quero, porque sim.

Só eu tenho a ganhar.

Saudações para mim
Brilhantemente elaborado por GoGaN^ às 16:52
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Abril de 2007

Mika - Grace Kelly

*I wanna talk to you

Last time we talked Mr Smith you reduced me to tears

I promise you that won't happen again*

 

Do I attract you?

Do I repulse you with my queasy smile?

Am I too dirty?

Am I too flirty?

Do I like what you like?

I could be wholesome

I could be loathsome

I guess I’m a little bit shy

Why don’t you like me?

Why don’t you like me without making me try?

 

I try to be like Grace Kelly (ohh)

But all her looks were too sad (ohh)

So I try a little Freddie (mmmm)

I've gone identity mad! (Hahaha)

 

I could be brown

I could be blue

I could be violet like sky

I could be hurtful

I could be purple

I could be anything you like

 

Gotta be green

Gotta be mean

Gotta be everything more

 

Why don’t you like me?

Why don’t you like me?

Why don’t you walk out the door!

 

*getting angry doesn't solve anything

 

How can I help it?

How can I help it?

How can I help what you think?

Hello my baby Hello my baby

Putting my life on the brink

 

Why don’t you like me?

Why don’t you like me?

Why don’t you like yourself?

 

Should I bend over?

Should I look older just to be put on your shelf?

 

I try to be like Grace Kelly (ohh)

But all her looks were too sad (ohh)

So I try a little Freddie (mmmm)

I've gone identity mad! (Hahaha)

 

I could be brown

I could be blue

I could be violet sky

I could be hurtful

I could be purple

I could be anything you like

 

Gotta be green

Gotta be mean

Gotta be everything more

Why don’t you like me?

Why don’t you like me?

Why don’t you walk out the door!

 

Say what you want to satisfy yourself hey!

But you only want what everybody else says you should want

 

I could be brown

I could be blue

I could be violet like sky

I could be hurtful

I could be purple

I could be anything you like

 

Gotta be green

Gotta be mean

Gotta be everything more

Why don’t you like me?

 

Why don’t you like me?

Why don’t you walk out the door!

 

I could be brown

I could be blue

I could be violet like sky

I could be hurtful

I could be purple

I could be anything you like

 

Gotta be green

Gotta be mean

Gotta be everything more

Why don’t you like me?

 

Walk out the door!

 

*Humphrey, we're leaving

KERCHING*



Saudações musicais

Brilhantemente elaborado por GoGaN^ às 22:34
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 8 de Abril de 2007

Sentia-se radiante

Sentia-se radiante.

Ali, sentado defronte o jardim mal-cuidado, onde ervas daninhas teimavam aparecer e onde as cores vazias e escuras abundavam, era contagiado pelo pouco sol que a tarde insípida lhe trazia.

Era o início da tarde, e para ele era o início do seu dia.

Enquanto a sua cabeça vazia perscrutava algo, sentia apenas a leve e doce brisa bater-lhe na face, cuidadosa, lenta. Apreciava o movimento descontínuo das ervas e o ledo piar dos pintos.

Era ele. Quer quisesse quer não era assim.

Já por várias vezes tentara recuar e perceber o seu passado. Já por várias vezes procurara perceber o seu caminho e as suas escolhas.

Mas dava sempre por si absorto em nadas, encontrava-se sempre no meio de não respostas e perdido em conclusões.

Sentia-se radiante.

Apercebendo-se que todos os seus esforços para ser alguém estavam a ser bem recebidos, imaginava-se feliz.

 

Conhecia os seus defeitos e os seus pontos fortes. Não era estúpido suficiente para não admitir que não era perfeito.

 

Tentara, era verdade, aproximar-se da perfeição, subjugando-se aqui, mostrando-se ali, sempre na tentativa de fazer os outros felizes.

 

Mas depressa apercebera-se que esta estranha forma de ser só o levaria ao desgosto, e então mudara.

 

Tornara-se ele próprio. Mais sério. Mais real. Mais imperfeito.

 

E desde esse dia pensava que estava melhor. Sabia que estava melhor. Sentia que estava melhor.

 

Sentia-se radiante.

 

Como uma criança no dia de Natal.

 

Aquele vento, aquele sol, aquelas ervas, despertavam-no para o mundo.

 

Tomava consciência daquilo que era e do que o rodeava.

 

E por entre bens matérias, sentimentos bem reais e alguns relacionamentos a mais, sentia-se radiante.

 

Saudações Radiantes  

Brilhantemente elaborado por GoGaN^ às 16:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 7 de Abril de 2007

O poder

O futuro.

 

Durante uma semana encontrou-se com o futuro.

 

Teve, totalmente a seu encargo, o futuro. E moldou-o.

 

Por vezes achava-se inapto, inadequado para lidar com tamanha pressão, com tanta responsabilidade, afinal tinha em suas mãos diamantes em bruto, peças frágeis que precisavam de instrução para poderem existir.

 

Sentia-se angustiado ao perceber que algo não estava bem, que nalgum momento pudesse ter falhado.

 

Mas há tempos que mudam tudo.

 

Com a responsabilidade total, chegou a bonança.

 

Nunca antes tivera tanta certeza que era capaz, que conseguia fazer o seu trabalho melhor que ninguém.

 

E se pediam muito dele, muito era o que tinha a dar.

 

Não importava o quão árduo e duro pudesse ser, sabia agora de antemão que nada o poderia parar, nada conseguiria interromper o seu sucesso.

 

E a cada dia que passava no futuro sentia-se mais grato.

 

Cada momento que dedicava da sua vida para o futuro parecia-lhe ser o melhor.

 

E porque é na inocência pura que se sentem os grandes elogios, nunca antes se sentira tão elogiado.

 

Só esperava ser digno desses elogios…

 

“Com os grandes poderes, vem as grandes responsabilidades”


 

Saudações Nazarenas

Brilhantemente elaborado por GoGaN^ às 00:18
link do post | comentar | favorito
|

.Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.Coisas sobre nós. Nós quem? Nós os autores claro!

.Procurar coisas inúteis neste blog

 

.Coisas novas

. LONDON

. Eis o sonho, eis a vida

. A pior manhã da minha vid...

. O que de ser assim

. Férias de 23/07 a 10/08

. Special me or this-stupid...

. Dormia tão sossegado

. Malabarismos sem nexo

. Pequeno post

. Mika - Grace Kelly

.Coisas antigas

.tags

. todas as tags

.Coisas giras e tal de se visitar

blogs SAPO

.subscrever feeds